PMG ARQUITETANDO POR AÍ

PMG ARQUITETANDO POR AÍ
A PMG É O RESULTADO DA UNIÃO DE TRÊS PROFISSIONAIS APAIXONADAS POR CRIAR E TRANSFORMAR ROTINAS, SEMPRE VISANDO A MELHORIA DA QUALIDADE DE VIDA DOS SEUS CLIENTES. PARA TANTO, ATUAM NO DESENVOLVIMENTO DE PROJETOS, REESTRUTURAM ESPAÇOS, CHEGANDO ATÉ À ORGANIZAÇÃO DOS MESMOS. UTILIZANDO CONHECIMENTOS ARQUITETÔNICOS ALIADOS ÀS TÉCNICAS DE ORGANIZAÇÃO RESIDENCIAL, COMERCIAL, TREINAMENTO DE DOMÉSTICAS E ORGANIZAÇÃO DE MUDANÇAS, SE DISPÕEM A MELHORAR OS SEUS DIAS COM UM CUSTO BEM ABAIXO DO IMAGINADO. SEJA QUAL FOR O TAMANHO DA SUA NECESSIDADE, ENTRE E CONHEÇA UM POUCO DO QUE ELAS SÃO CAPAZES. AQUI, Patricia, Marília E Gabrielle COMPARTILHAM DICAS E DIVULGAM OS SEUS CONTATOS...

20/01/2013

ARTIGOS








OverBR padroniza e segue gestão do programa 5S

5S é o nome de uma metodologia de qualidade originária no Japão alguns anos após a Segunda Guerra Mundial, com a necessidade de combater a sujeira das fábricas e desorganização estrutural sofrida naquela época. O 5S não se limita à arrumação da área, mas envolve também a redução do tempo de procura de objetos, padronização de locais de armazenagem, redução de desperdícios, motivação dos colaboradores e trabalho em equipe. O 5S é um passo fundamental para elevar a organização a um nível superior de qualidade. A implantação de um Programa 5S não é nada fácil, pois implica em mudança de atitudes e envolve a todos, do topo à base da pirâmide. O nome 5S é uma referência à cinco palavras originárias do idioma japonês e que começam com a letra “S”.
Alguns autores utilizam-se de outras traduções, mas o resultado não é muito diferente. É o caso do senso de saúde, também conhecido como senso de higiene e o senso de autodisciplina, também conhecido como senso de disciplina. Ao longo dos últimos meses de aplicação do 5S no Overlab e no departamento de Redação, seguimos rigidamente o organograma abaixo para inicialmente classificarmos e adotarmos como padrão na triagem dos artigos, matérias, publicações e releases, bem como na montagem do cronograma das peças e equipamentos para análise:
  • Seiri (Senso de utilização) – organização, utilização, liberação da área.
O principal objetivo da primeira etapa do programa 5S é tornar o ambiente de trabalho mais útil e menos poluído, tanto visualmente como espacialmente. Para tal, deve-se classificar os objetos ou materiais de trabalho de acordo com a frequência com que são utilizados para, então, rearranjá-los ou colocá-los em uma área de descarte devidamente organizada. O resultado desse primeiro passo do programa 5S é um ambiente de trabalho estruturado e organizado de acordo com as principais necessidades de cada empresa.
  • Seiton (Senso de ordenação) – ordem, arrumação.
O segundo passo do programa 5S é uma continuação do primeiro. Seu conceito chave é a simplificação. A partir da organização espacial previamente feita, essa etapa visa dar aos objetos que são menos utilizados um local em que eles fiquem organizados e etiquetados. Assim, agilizam-se os processos e há maior economia de tempo.
  • Seiso (Senso de limpeza) – limpeza.
O terceiro item do processo 5S consiste na limpeza e investigação minuciosa do local de trabalho em busca de rotinas que geram sujeira ou imperfeições. Qualquer elemento que possa causar algum distúrbio ou desconforto (como mal cheiro, falhas na iluminação ou barulhos) deve ser consertado. O principal resultado é um ambiente que gera satisfação nos funcionários por trabalharem em um local limpo e arrumado, além de equipamentos com menos possibilidades de erros ou de quebra por conta da constante fiscalização.
  • Seiktsu (Senso de Saúde) – padronização.
O quarto conceito do programa 5S consiste na manutenção dos três iniciais, gerando melhorias constantes para o ambiente de trabalho. Nessa etapa, deve-se definir quem são os responsáveis pela continuidade das ações das etapas iniciais do processo 5S. Com um ambiente mais limpo, há grande chance de os funcionários também buscarem maior cuidado com o visual e com a saúde pessoal, garantindo ainda mais equilibrio e bom desempenho no trabalho e contribuindo ainda mais para o andamento do processo rumo à qualidade total.
  • Sheitsuke (Senso de autodiciplina) – disciplina; autodiscilplina.
Quando o quinto e último processo do programa 5S está em execução, quer dizer que o programa está em andamento perfeito. A disciplina, que pode ser considerada a chave do programa 5S, existe quando cada um exerce seu papel para a melhoria do ambiente de trabalho, do desempenho e da saúde pessoal, sem que ninguém o cobre por isso. 





 "Lembre-se que a ideia é ter um lugar para tudo e tudo em seu lugar."


Para colocar legenda no vídeo, clique sobre a inscriçao You Tube e,
feita a ativação (inicialmente em inglês), altere para português.





Apresentado o programa 5S, na teoria e na prática, agora não resta a menor dúvida: o assunto é sério. Descobrimos que, melhorando organização, arrumação, limpeza, padronização e disciplina, é viável modificar positivamente os resultados de muitas empresas. Fazendo o paralelo, impossível não perceber que uma vida mais organizada, mais simples e sem desperdício trará muitos benefícios às nossas rotinas. Assim, fica fácil entender que o 5S é um processo de educação e traz consigo a oportunidade de se conquistar mais qualidade de vida. Conseguem imaginar o grau de mudanças dentro das famílias se, feitas as devidas adaptações, pudéssemos aplicar também às rotinas domésticas!? Mantenham os princípios básicos e usem a criatividade. Acreditam agora??




Fonte artigo: http://www.overbr.com.br/ 
Fonte vídeo: YOUTUBE

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário...