PMG ARQUITETANDO POR AÍ

PMG ARQUITETANDO POR AÍ
Aqui, o assunto é transformar rotinas engessadas, visando a melhoria da qualidade de vida dos envolvidos. Como assim? Com conhecimentos arquitetônicos aliados à técnicas de organização, residenciais ou comerciais, espaços são reestruturados com custo bem inferior ao previsto. Seja sua necessidade tamanho p, m ou g, entre, conheça um pouco dessa história e encontre respostas para modificar a sua. Aguardo você!!

23/09/2012

DÚVIDA


Apesar das 3000 visualizações de página, ao encontrar, durante a semana, uma amiga muito querida, disse-me ela: "Amo o seu blog, não perco uma só publicação, mas como é mesmo que funciona a coisa?" Imaginando que ela não seja a única, hoje, pretendo esclarecer essa importante dúvida. Nossa caixa mágica sempre será o ponto de partida para a explicação... 




Caixa mágica - DETALHE




Ao entrar no blog, logo no início do texto explicativo de capa, é possível ler a frase: "Vida moderna, rotina corrida." E essa é a razão de todo o trabalho. Em qualquer cômodo da residência, seja escritório, closet, home theatre, quarto de brinquedos e/ou despensa, se a desorganização chegou à níveis insolúveis, eis a área de atuação do ARQUITETANDO POR AÍ. Basta ligarem para um dos números indicados, agendarem visita técnica e, após ida ao local, serão fornecidos orçamento e prazo de execução. Porém, a intervenção pode ir além da organização e se fazer necessário algum pequeno ajuste na rede elétrica (tomadas e luminárias sem funcionar), ou limpeza e manutenção de aparelhos de ar (higienização de filtros), ou alguma solução simples na parte hidráulica (torneiras pingando/ralos entupidos), ou até mesmo em marcenaria (portas de armários desreguladas/troca de puxadores). Na maioria das vezes, para garantir mais tranquilidade ao cliente, contamos com a funcionária da residência. Mas, diante de alguma impossibilidade da ajuda citada, disponibilizamos nossa profissional de limpeza. Dessa forma, através de uma ação rápida e barata, nos propomos a ensinar-lhes a prática do desapego, beneficiando variadas entidades carentes através dos itens descartados, e com isso, descomplicando o dia a dia. Para a comodidade de todos, as entidades beneficiadas costumam coletar as doações no endereço fornecido. Quando permitido, podem acontecer registros das ações realizadas com identificação do cliente. Confiram todos os resultados e depoimentos publicados em posts anteriores. Basta procurarem no blog. Movam-se! 



 
Martelo fashion - DETALHE
 
 
 
 
E quanto às dicas postadas no blog, ao estilo "faça você mesmo"? Pode-se usar livremente? Claro! Essas destinam-se aos amigos e visitantes, já habituados com uma certa organização, que desejam apenas aprimorar esse hábito. E com os benefícios de cada dica nova nas suas rotinas, não hesitarão em recomendar os serviços do ARQUITETANDO POR AÍ aos familiares, amigos e vizinhos necessitados. Esses sim, futuros clientes.
 
 
 
 
Sachês anti-mofo cortesia - DETALHE
 


 
Esclarecidas suas dúvidas (espero!), também tenho uma beeem grande. Por que as publicações do ARQUITETANDO POR AÍ, tão divulgadas verbalmente, têm poucos comentários no espaço do blog a elas destinado? Morro de inveja quando visito sites cheios de comentários. Deixem recados, dúvidas, elogios ou até mesmo críticas. Responderei à todos!




Fonte Imagens: ARQUIVO PROFISSIONAL


10 comentários:

  1. O texto explicativo da capa é bem esclarecedor. Tudo muito claro! Volto a entrar em contato após retorno à Salvador. Cintia Paes

    ResponderExcluir
  2. Agradecemos o comentário e aguardamos seu retorno, Cintia!

    ResponderExcluir
  3. Tá vendo como foi útil a minha dúvida, fofa? Lov u! Ass.: EU

    ResponderExcluir
  4. Pat, desejo muito sucesso neste seu novo projeto! Tenho certeza de que é um trabalho de qualidade, como tudo que você faz, sempre com amor e dedicação.Beijo carinhoso, tia Núbia

    ResponderExcluir
  5. Muito importante o seu reconhecimento, tia Bila!! Obrigada pelas palavras de estímulo!! Precisando SEMPRE... Conte Comigo!! Bjão

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu comentário...