PMG ARQUITETANDO POR AÍ

PMG ARQUITETANDO POR AÍ
Aqui, o assunto é transformar rotinas engessadas, visando a melhoria da qualidade de vida dos envolvidos. Como assim? Com conhecimentos arquitetônicos aliados à técnicas de organização, residenciais ou comerciais, espaços são reestruturados com custo bem inferior ao previsto. Independente do tamanho da sua necessidade, conheça um pouco dessa história e encontre respostas para modificar a sua. Aguardo você...

12/07/2015

HÁBITO ADQUIRIDO



Meta #1
Agregar diversão ao processo de organização




Sabiam que acostumei a minha família com três datas de organização obrigatória ao longo do ano? Antes do inicio das aulas, nas férias entre os semestres e pouco antes do Natal. Dessa forma, facilmente, encarrego-me de manter a ordem ao longo nos outros 362 dias. Mas, por motivo de força maior, esse ano não pudemos realizar a segunda delas no prazo estabelecido. E, há dias, vinha sendo lembrada da falta, confirmando que organização é, realmente, um hábito. Na sexta, passada uma manhã de trabalho externo, chegando em casa, sem anunciar, comecei a agir. Foi quando a minha secretária quis saber: "Que bicho mordeu a senhora?" Rindo muito com a pergunta, expliquei ter sido o bicho da organização.



 
Meta #2
Gastar menos tempo nas tarefas após a organização 
 
 
 
 
Como, na nossa rotina, entre uma organização e outra não existe tempo hábil para grandes bagunças, trata-se de um trabalho prazeroso, quando descartamos o que não nos serve mais e encontramos objetos que andavam esquecidos. Nessas ocasiões, cada uma das filhas participa diretamente, tanto selecionando itens para descarte, como escolhendo os seus beneficiários. Além disso, objetos quebrados são separados para conserto, contas pagas são arquivadas nos seus devidos lugares, utensílios são remanejados para melhorar a nossa rotina, entre tantos outros benefícios. Ao final de cada um desses momentos, sem imposição alguma, acabamos comentando as curiosidades do processo e seus benefícios.

 
 
 
Meta #3
Simplificar rotinas com o resultado da organização
 
 
 
 
Assim, ao ser abordada por pessoas que não frequentam a minha casa, mas demonstram o desejo de conhecê-la por conta dos benefícios por mim publicados aqui no ARQUITETANDO POR AÍ, adianto-lhes trata-se de uma residência normal, habitada por indivíduos que, apesar das regras e ensinamentos, são mais bagunceiros e acumuladores do que a arquiteta-organizadora gostaria. Por isso, entre as três grandes datas, muitas vezes como ontem, o bicho da organização necessita aparecer. Adianto-lhes que, quando isso acontece, mesmo com protestos conhecidos, os benefícios são muitos. Duvidam!? Sugiro-lhes consultarem as testemunhas!! Está autorizado copiar. Precisando de ajuda, basta digitarem 71/8787.1774.





Fonte imagens: INTERNET 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário...