PMG ARQUITETANDO POR AÍ

PMG ARQUITETANDO POR AÍ
Aqui, o assunto é transformar rotinas engessadas, visando a melhoria da qualidade de vida dos envolvidos. Como assim? Com conhecimentos arquitetônicos aliados à técnicas de organização, residenciais ou comerciais, espaços são reestruturados com custo bem inferior ao previsto. Independente do tamanho da sua necessidade, conheça um pouco dessa história e encontre respostas para modificar a sua. Aguardo você...

12/02/2017

FUGINDO AO TEMA



Colagem dadaista




Contrário ao que a sua imagem transmite, P adora atitudes radicais. Desde que essas ações não a tragam holofotes, marketing e a mantenham no anonimato. Quanto mais radical, maior o seu entusiasmo e coragem. Canceriana como nasceu, viria essa força só do seu ascendente em aries?
Seguindo nessa linha, ainda no Colégio Marista, ela foi apresentada ao movimento artístico denominado Dadaismo, surgido no auge da Primeira Guerra Mundial. "O dada vem para abolir de vez a lógica, a organização, a postura racional, trazendo para a arte um caráter de gratuidade total." Uau!
Segundo relatos, ela segue a vida sendo "certinha" e organizada, porém simpática ao espírito contestador do movimento dadaista. Toda vez que a necessidade dela exige, suas atitudes radicais afloraram e, junto com elas, uma coragem indescritível. Assim foi, é e, certamente, continuará sendo.
Semana passada, ela recebeu e amou tanto um texto (para muitos meio sem nexo, para ela quase dadaista) postado pela arquiteta Valéria Mendes num grupo de colegas de arquitetura, que teve que compartilhar. Colegas? Segundo fontes seguríssimas, essa forte amizade já passa dos 30 anos...





"Não está no Aurélio, mas é lindo!


ABANDONO: Quando a jangada parte e você fica.

ADEUS: O tipo de tchau mais triste que existe.

ADOLESCENTE: Toda criatura que tem fogos de artifício dentro dela.

ARTISTA: Espécie de gente que nunca vai deixar de ser criança.

AUSÊNCIA: Uma falta que fica ali presente.

DESCULPA: Palavra que pretende ser um beijo.

DEUS: Só Deus sabe.

FOTOGRAFIA: Um pedaço de papel que guarda um pedaço de vida nele.

FILHO: Serzinho adorável e todo seu que um dia cresce e passa a ser todo dele.

GELO: Aquilo que a gente sente na espinha quando o amor diz que vai embora.

LEALDADE: Qualidade de cachorro que nem todas as pessoas têm.

LÁGRIMA: Sumo que sai dos olhos quando se espreme um coração.

OUSADIA: Quando o coração diz para a coragem "vá" e a coragem vai mesmo."


Autor desconhecido





Hannah Hoch - colagem





Marcel Duchamp - óleo sobre tela





E se, nos comentários daqui, aparecer algum anônimo com coragem para perguntar: "Qual a relação disso tudo com as rotinas de organização e projetos da pmg?" A explicação está no título do post. Agora, conseguem imaginar mudanças de vida sem atitudes radicais? Nós também não!  





Fonte imagens: Google

2 comentários:

  1. Meninas especiais,
    Amei a abordagem de hoje. Se vocês cuidam da organização alheia com essa coerência divertida, precisamos conversar. Ligo depois do carnaval!

    ResponderExcluir
  2. Rsrsrs... Esperamos ansiosas pela sua ligação!!!

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu comentário...