PMG ARQUITETANDO POR AÍ

PMG ARQUITETANDO POR AÍ
Aqui, o assunto é transformar rotinas engessadas, visando a melhoria da qualidade de vida dos envolvidos. Como assim? Com conhecimentos arquitetônicos aliados à técnicas de organização, residenciais ou comerciais, espaços são reestruturados com custo bem inferior ao previsto. Independente do tamanho da sua necessidade, conheça um pouco dessa história e encontre respostas para modificar a sua. Aguardo você...

06/10/2013

ARTIGO



Provérbio chinês





Já tiveram a sensação que o dia precisava de, pelo menos, 48 horas para tantos compromissos?? Assim foi o meu último dia útil de uma semana impossível de descrever. Entre tarefas profissionais e pessoais, acabei pensando alto, num momento de puro desespero: "Que será do post do domimgo!?" No que uma das filhas, prontamente, respondeu: "E a ideia do Feng Shui que dei há algum tempo!?" Mais uma vez, agradecendo às minhas parceiras de todas as horas, aliviada, parti para a pesquisa...
"Praticado na China há mais de sete mil anos, o Feng Shui era utilizado para orientar as pessoas no sentido de atingirem aqueles que são considerados os grandes objetivos da vida – saúde, riqueza e poder. Tudo isto era conseguido através da organização eficiente das suas casas. No entanto este foi, durante anos, um segredo muito bem guardado entre imperadores e aristocratas." Hoje, não mais segredo entre eles, o Feng Shui ainda é um grande desconhecido para muitos dos ocidententais.  
 




Baguá



Aplicação do Baguá

 

 
 
 

Transformando com o Feng Shui

 

O Feng Shui é a arte milenar chinesa da organização do ambiente a fim de alcançarmos a harmonia e o equilíbrio. Tudo vibra energia e tudo faz parte do todo, ou seja, nós interagimos com tudo o que nos cerca e a nossa casa/ambiente é o reflexo do nosso mundo interior. Quando nos propomos a arrumar a nossa casa estamos também nos propondo a arrumar os nossos pensamentos, reavaliar as nossas atitudes e mudar os nossos paradigmas. Harmonia e equilíbrio são as chaves para alcançamos a saúde e a felicidade.

Antes de mais nada, pare e observe o seu ambiente. Como ele se apresenta? É acolhedor, amplo, cheio de lembranças, entulhado, vazio? Seja como for é o reflexo do seu eu interior. E agora, medite um pouco sobre você e sobre a sua vida. Como ela é? Você está feliz? Está precisando ser mais organizado, mais disciplinado, mais assertivo? Você anda segurando coisas e pessoas do passado que não lhe dizem mais respeito? Em que áreas da sua vida você quer ser diferente? Como e por que você quer isto? E o que você pode fazer para atingir as suas metas?

Anote tudo em um caderno especial (de capa vermelha) que será o seu orientador pessoal daqui por diante. Sempre que precisar reflita sobre o que você escreveu nele. Se você está feliz com tudo, ótimo, não há o que mudar, pois provavelmente você já vive em harmonia e com certeza faz um Feng Shui intuitivo. Mas, se você quer mudar algo em sua vida, você precisa estar disposto a se mudar. Mude o jeito de fazer as coisas, veja por ângulos diferentes, não ligue para o que os outros vão pensar, permita-se inovar... Dá um pouco de trabalho, mas vale a pena.

Muitas vezes encontro pessoas desejando isto ou aquilo e reclamam que não conseguem. E a pergunta que eu faço é: O quanto você está fazendo para alcançar aquilo que deseja? Estabeleça metas e prioridades e coloque ação, mova-se para torná-las realidade.

Para começar, é sempre bom fazer uma faxina geral nas nossas coisas. Verifique os armários e gavetas, separe tudo o que não tem mais utilidade, o que você não usa mais e desfaça-se de tudo: doando, vendendo ou jogando fora. Tudo que fica parado durante muito tempo gera energia estagnada, impedindo a fluidez de boas energias e oportunidades na nossa vida. Faça uma boa limpeza física e repare novamente nos objetos da casa. O ideal é que tudo o que ficou na casa tenha um sentido, um significado, para você e os moradores da casa. O excesso de objetos que não nos diz respeito pode representar dispersão de energias. Agora que você limpou e já sabe o que quer, coloque foco e intenção na hora de dispor os objetos para ativar as áreas que estão necessitando de equilíbrio em sua vida.

Pegue a planta baixa (desenho) da casa ou cômodo onde quer aplicar o Feng Shui e divida em três partes iguais, tanto na lateral, quanto no comprimento. Trace duas linhas verticais e duas horizontais.





 
 

O setor saúde deve coincidir com o centro da casa ou o cômodo. A parede da porta de entrada deverá estar alinhada com a linha inferior. Então, a porta poderá estar no setor conhecimento ou carreira ou amigos. Esta é uma técnica de Feng Shui da escola do Chapéu Preto.

Setor da Carreira: está relacionado com o trabalho e o desenvolvimento do eu. Ativado através do elemento Água (fonte, aquário), formas sinuosas, cor preta ou azul escuro, objetos ou quadros que lembrem o reino aquático e os objetos relativos à sua atividade profissional.

Setor do Conhecimento: está relacionado com os estudos e o conhecimento em geral. É associado à espiritualidade, uma vez que o autoconhecimento leva ao desenvolvimento espiritual. Ative com livros, drusa de ametista, quadro retratando a natureza (criação de Deus), ou um símbolo de sua crença pessoal.

Setor da Família: está associado à família e aos nossos antepassados. Você pode posicionar um móvel de madeira pesado, simbolizando estabilidade, e decorá-lo com objetos de valor sentimental, herdados pela família, porta retratos da família em momentos felizes ou plantas naturais.

Setor da Prosperidade: relacionado com a prosperidade e o crescimento no sentido amplo (amigos, dinheiro, bens, etc..) Ativado através da água em movimento, formas arredondadas, plantas naturais, objetos dourados, moedas ou objetos de valor. Use um símbolo de prosperidade de sua crença.

Setor da Fama ou Sucesso: relacionado ao reconhecimento público. Ativado através de luzes, cor vermelha, quadros que lembrem o fogo, lareira, figuras de animais, plantas naturais, fotos ou objetos que lembrem o seu sucesso.

Setor do Relacionamentos: relacionado ao amor, casamento e sociedades. Use objetos aos pares, representando o Yin e o Yang, objetos que simbolizem o amor, fotos do casal em momentos felizes, vasos com flores frescas. Evite plantas com espinhos e objetos pontiagudos neste local.

Setor da Criatividade: também representa os filhos e o futuro. Se o seu trabalho requer criatividade, você pode posicionar a sua mesa de trabalho neste setor ou colocar trabalhos criados por você, trabalhos elaborados pelas crianças, fotos de crianças, ou usar o elemento metal neste local.

Setor dos Benfeitores: relacionado com os amigos, pessoas que ajudam e com as viagens. Ative com objetos de metal, fotos e lembranças de amigos queridos, mentores, cartões postais, quadros com imagens de paisagens, locais já visitados ou que gostaria de conhecer.

Centro: relaciona-se com a saúde e todos os setores da casa, integrando suas qualidades. Este é o local onde colocamos as nossas intenções.

Quando todos os setores estão em equilíbrio, a harmonia e felicidade se refletem na saúde física e mental dos moradores.

 
 
DICAS: 1/Para ser mais organizado: arrume as gavetas e armários, eliminando tudo o que não tiver utilidade. Faxina sempre. 2/Para atrair a prosperidade e abundância: feche os olhos e imagine como seria uma casa próspera; que objetos, cores e cheiros teria esta casa? Baseado nessas imagens, crie esta sensação de fartura em seu ambiente. 3/Para atrair mais amor: coloque objetos aos pares, tenha vasos com flores naturais, use a cor rosa (em paredes, almofadas, mantas, quadros ou objetos) crie um clima romântico e aconchegante na sua casa. 4/Mantenha os banheiros limpos e arrumados, com ralos e tampa de vaso fechada. Sempre que puder decore-os com flores, objetos ou pedras. 5/Evite o excesso de objetos, móveis, cacarecos... Deixe espaços para a energia fluir. 6/Os objetos quebrados devem ser consertados ou descartados. 7/As plantas e flores naturais dão vida e alegria ao seu ambiente. 8/Plantas artificiais podem ser usadas desde que sempre limpas. Evite as desidratadas. 9/Mude aos poucos de acordo com as necessidades e as possibilidades. 10/Procure conhecer o seu eu interior, pensar sempre em coisas boas, ter um bom astral e uma boa auto-estima. Evite os pensamentos negativos, as críticas destrutivas e as fofocas. As boas energias vibram através dos bons pensamentos. 11/Livre-se dos ressentimentos e das mágoas. Procure perdoar. 12/Lembre-se de que tudo vibra Energia. É você quem atrai tudo o que lhe acontece. O Feng Shui nada poderá fazer se não houver a real intenção de mudar para melhor, não só o aspecto exterior/ambiente como o interior/pessoa. 13/Siga sempre a sua intuição.

 
Teresa Kam Teng

 

 


Fonte imagens: INTERNET

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário...