PMG ARQUITETANDO POR AÍ

PMG ARQUITETANDO POR AÍ
A PMG É O RESULTADO DA UNIÃO DE TRÊS PROFISSIONAIS APAIXONADAS POR CRIAR E TRANSFORMAR ROTINAS, SEMPRE VISANDO A MELHORIA DA QUALIDADE DE VIDA DOS SEUS CLIENTES. PARA TANTO, ATUAM NO DESENVOLVIMENTO DE PROJETOS, REESTRUTURAM ESPAÇOS, CHEGANDO ATÉ À ORGANIZAÇÃO DOS MESMOS. UTILIZANDO CONHECIMENTOS ARQUITETÔNICOS ALIADOS ÀS TÉCNICAS DE ORGANIZAÇÃO RESIDENCIAL, COMERCIAL, TREINAMENTO DE DOMÉSTICAS E ORGANIZAÇÃO DE MUDANÇAS, SE DISPÕEM A MELHORAR OS SEUS DIAS COM UM CUSTO BEM ABAIXO DO IMAGINADO. SEJA QUAL FOR O TAMANHO DA SUA NECESSIDADE, ENTRE E CONHEÇA UM POUCO DO QUE ELAS SÃO CAPAZES. AQUI, Patricia, Marília E Gabrielle COMPARTILHAM DICAS E DIVULGAM OS SEUS CONTATOS...

06/12/2015

PAPO MUITO SÉRIO



"O documento divulgou mapas comparativos de
 2014 e 2015, que corroboram a explosão
de casos de microcefalia no Nordeste,
onde os casos se multiplicaram 20 vezes."
R7 em 01/12/2015




Há muito, informadas sobre a proliferação do aedes aegypt, não só nos limites das nossas casas, como nas missões diárias de organização, combater qualquer vestígio de água parada passou a ser também um dos objetivos da pmg. Sendo aquele mosquito o principal transmissor da dengue, chikungunya e zika, não proporcionar meios para o seu desenvolvimento é a forma mais eficiente de eradicação da doença, orienta o Ministério da Saúde. Alarmadas com as últimas notícias envolvendo sequelas da zika, voltamos ao Portal da Saúde, site oficial do Ministério citado. E está lá, em claríssimo português... "O Ministério da Saúde é o órgão do Poder Executivo Federal responsável pela organização e elaboração de planos e políticas públicas voltados para a promoção, prevenção e assistência à saúde dos brasileiros. É função do ministério dispor de condições para a proteção e recuperação da saúde da população, reduzindo as enfermidades, controlando as doenças endêmicas e parasitárias e melhorando a vigilância à saúde, dando, assim, mais qualidade de vida ao brasileiro." E continua... "MISSÃO: Promover a saúde da população mediante a integração e a construção de parcerias com os órgãos federais, as unidades da Federação, os municípios, a iniciativa privada e a sociedade, contribuindo para a melhoria da qualidade de vida e para o exercício da cidadania."
Para completar, a citada  doença, de sequelas gravíssimas e comprovadas, é tratada de forma superficial e omissa por esse orgão superior que se impõe tantas e importantes responsabidades (descrição da Zika pelo Ministério da Saúde). Contudo, se os curiosos resolvem clicar num campo logo abaixo da apresentação do site entitulado Microcefaleia e Zika vírus/Orientações gerais, perceberão algumas informações muito diferentes das fornecidas anteriormente, sempre num tom amenizador e tranquilo (Microcefalia e Zika vírus/Orientações gerais/Acesse aqui). O fato é que, diante de mais uma possível herança maldita da copa de 2014, nove meses depois do surto dessa doença nova em território brasileiro, muitos bebês portadores de microcefalia - a maioria dos casos no nordeste - estão vindo ao mundo já condenados à uma vida inteira de sofrimento e dependência. E mais assustadoras ainda, são as informações divulgadas, recentemente, à revelia do governo, via redes sociais, por profissionais da saúde indignados com as possíveis sequelas neurológicas em crianças de até sete anos que tenham contraído a doença. Como assim, a população não deve ser informada!? Estamos entregues à Deus. Informem-se, protejam suas famílias e, por favor, nada de água parada. Mãos à obra...




Larvas do aedes egypty




O dito cujo




Nada de água parada!




Tanque destampado, nem pensar...




Ainda duvidam que o papo é muito sério!? Confiram as últimas notícias!!






Fonte imagens: INTERNET      

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário...